Pesquisadores associados

  • Alberto Trejos,

    Ph.D. e M.Sc. em economia pela Universidade da Pensilvânia (1994), foi professor da Universidade de Northwestern e atualmente é professor do Incae (Costa Rica)e professor visitante da Gerald Ford School of Public Policy, University of Michigan.  Atua como consultor do Banco Mundial, Banco Interamericano de Desenvolvimento e de inúmeros países africanos como Moçambique, Malawi e Ruanda. Entre 2002 e 2004 foi Ministro do Comércio Exterior da Costa Rica.  Possui extensa produção acadêmica nos campos de desenvolvimento, comércio exterior e teoria monetária, com publicações no Journal of Political Economy, International Economic Review, Review of Economic Dynamics, entre outras.

  • Alexander Monge-Naranjo,

    Alexander Monge-Naranjo é um macroeconomista com interesses em diferentes campos de pesquisa. Ele tem trabalhado em questões de crescimento econômico e desenvolvimento, financiamento ótimo de educação, a difusão do conhecimento entre países e transformação estrutural. Ele recebeu seu Ph.D. em economia pela Universidade de Chicago (em 1999), mestrado pela Universidade Catolica de Chile (93) e é graduação pela Universidade de Costa Rica. Foi professor de economia da Universidade de Northwestern e Penn State University. Também atuou como consultor do Banco Mundial, o Banco Interamericano de Desenvolvimento e da Organização Internacional do Trabalho. Atualmente, ele é pesquisador senior no Federal Reserve Bank of St. Louis e professor na Universidade de Washington em St. Louis.

  • Allan Timmermann,

    Allan Timmermann é o Atkinson/Epstein Endowed Chair, Professor of Finance na Rady School of Managemen da University of California at San Diego. Timmerman usa um mix de teoria econômica, dados econômicos e técnicas econométricas para estudar o comportamento de preços e expectativas em diversos mercados financeiros. Sua pesquisa visa entender o que determina os movimentos dos preços dos ativos financeiros de forma a gerenciar riscos, construir carteiras de ativos e prever seus movimentos futuros, incluindo também fundos mútuos e fundos de pensão. Adicionalmente, desenvolveu novos métodos em áreas como previsões sob quebras estruturais, combinação de previsões, e habilidade preditiva.

  • Anthony Venables,

    Anthony  Venables é o  BP Professor of Economics, University of Oxford. Anthony Venables é Professor Titular de Economia na Universidade de Oxford aonde também dirige o Centro para a Análise de Economias Ricas em Recursos Naturais (OxCarre). É Fellow da British Academy e da Econometric Society. Já foi Economista Chefe do Departamento para o Desenvolvimento Internacional do Reino Unido, Professor Titular da London School of Economics, Pesquisador do Banco Mundial sobre Comércio Internacional, e conselheiro do Tesouro do Reino Unido. Publicou largamente em áreas como comércio internacional, economia espacial, e recursos naturais, incluindo pesquisas sobre comércio e competição imperfeita, integração econômica, firmas multinacionais, e geografia econômica, mas o seu foco atual de pesquisa é a urbanização em economias em desenvolvimento. Suas publicações incluem: The spatial economy; cities, regions and international trade, com M. Fujita e P. Krugman (MIT press, 1999), e Multinationals in the World Economy com G. Barba Navaretti (Princeton 2004).

  • Delfim Gomes Neto,

    Doutor em Economia pela Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales (European Doctoral Program). Atualmente é pesquisador do Núcleo de Investigação em Políticas Económicas, Universidade do Minho. Foi pesquisador na Universidade de Vigo e pesquisador visitante na Princeton University e no Banco de Portugal. Os seus interesses de pesquisa centram-se no crescimento económico e mobilidade internacional de capital e na economia política da mobilidade de capital.

  • Eswar Prasad,

    PhD em Economia pela Universidade de Chicago, Prasad é o Tolani Senior Professor de Política Comercial da Universidade de Cornell, membro sênior do Brookings Institution, onde ocupa a cadeira New Century em Economia Internacional, pesquisador associado do National Bureau of Economic Research e serve em um Comitê Consultivo do Ministério de Finanças da Índia. Anteriormente foi chefe da Divisão de Estudos Financeiros no Departamento de Pesquisa do Fundo Monetário Internacional e chefe da Divisão da China do FMI. Seus livros mais recentes são The Dollar Trap (Princeton Univ. Press, 2014) e Emerging Markets (com M. Ayan Khose, Brookings Institution, 2010). Sua extensa publicação inclui artigos em periódicos como American Economic Review, International Economic Review, Journal of Development Economics e Review of Economics and Statistics, entre outros.

  • Fernando Veloso ,

    Fernando Veloso é Pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia (IBRE) da Fundação Getulio Vargas (FGV). Tem Graduação em Economia pela Universidade de Brasília, Mestrado em Economia pela PUC-Rio e PhD em Economia pela Universidade de Chicago. Foi Secretário-Executivo da Sociedade Brasileira de Econometria (2010-2011). Organizou livros e publicou diversos artigos em revistas acadêmicas nacionais e internacionais. Suas áreas de pesquisa incluem Crescimento e Desenvolvimento Econômico, Economia da Educação e Políticas Públicas.

  • Flavio Cunha,

    Flávio Cunha é Professor Associado de Economia na Universidade Rice e pesquisador associado do Centro de Estudos Populacionais da Universidade da Pensilvânia e da Rede de Economia Aplicada. Ele tem mestrado em Economia pela Fundação Getúlio Vargas no Rio de Janeiro e doutorado em Economia pela Universidade de Chicago. O foco da sua pesquisa é formação de capital humano.

  • Jean-François Brun,

    Jean-François Brun é PhD em Economia do Desenvolvimento pela CERDI / Universidade de Auvergne. É economista sênior da Faculdade de Economia - Universidade de Auvergne e pesquisador CERDI. Sua principal área de pesquisa é sobre questões fiscais e de política fiscal em economias em desenvolvimento. Tem publicado artigos publicados no World Bank Economic Review, China Economic Reviews, Economie et Prévision, entre muitos. Também trabalha como consultor do FMI, Banco Mundial, União Europeia, Banco Africano de Desenvolvimento e do Departamento para o Desenvolvimento Internacional (DFID) do Reino Unido.

  • Regis Bonelli,

     Ph.D. em Economia pela University of California - Berkeley e engenheiro pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, é atualmente pesquisador do IBRE — Instituto Brasileiro de Economia, da Fundação Getúlio Vargas, Coordenador Geral do Boletim Macroeconômico do IBRE, membro do CODACE — Comitê de Datação de Ciclos Econômicos e pesquisador associado do Instituto de Estudos de Política Econômica — IEPE / Casa das Garças. Foi Visiting Research Fellow do Centre for Brazilian Studies e Senior Associate Member do St Antony’s College, University of Oxford; Diretor Executivo do BNDES; Diretor de Pesquisa do IPEA — Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada; e Diretor Geral do IBGE — Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

  • Robert Engle,

    Robert F. Engle é o Michael Armellino Professor of Finance, New York University Stern School of Business. Robert Engle é um expert na análise de séries temporais com foco no estudo de mercados financeiros. O seu modelo ARCH, e suas generalizações, são ferramentas indispensáveis não apenas para pesquisadores mas também para analistas de mercados financeiros. Engle publicou mais de 100 artigos científicos, quatro livros, e vários outros estudos. Ao longo de sua carreira, foi o autor de influentes artigos em macroeconomia, mercados de energia, economia urbana, mercados emergentes, e também em mercados financeiros versando sobre diversas classes de ativos: ações em bolsas, moedas, ativos de renda fixa e derivativos. Dois dos seus artigos são considerados "Clássicos de Citação", estando na categoria dos artigos mais citados na área de economia: seu artigo de 1982 introduzindo o modelo ARCH e o artigo de 1987 em coautoria com C.W.J. Granger sobre Cointegração. Ambos os artigos formaram a base para o Prêmio Nobel de 2003 recebido por Engle e Granger.

  • Tiago V. de V. Cavalcanti,

    Possui  doutorado em Economia pela University of Illinois (2001). Trabalhou nos Estados Unidos, Portugal e no Brasil. Atualmente é Senior Lecturer da Universidade de Cambridge e Fellow do Trinity College. Tem trabalhos publicados em diversos periódicos, tais como: European Economic Review, Journal of Monetary Economics, Journal of the European Economic Association, Review of Economics and Statistics, entre outros.